Arquivo para julho, 2013

 

 

 

 

 

 

 

 

Araraquara, 22 de julho de 2013.

Setor: 4° e 5° ano do Ensino Fundamental

Ref.: Estudo do Meio – Faber/São Carlos

 

Senhores Pais,                                                                              

 

“A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará

                                                                                ao seu tamanho original.”  (Albert Einstein)

 

 

 

Chegou o dia tão esperado da viagem à Faber Castell! Tomamos todas as precauções e tratamos com muito cuidado para que este estudo do meio seja inesquecível e significante para o aprendizado de nossos alunos.

 

Informações necessárias:

     Data da viagem: 29/07/2013, segunda-feira

  Saída: 7h20min

  Local: Escola Pueri Domus

Ônibus da Viação Paraty de 46 lugares, ar condicionado, TV a bordo, água .

Sugerimos a verificação das condições metereológicas através do site WWW.climatempo.com.br ;

Retorno: aproximadamente em torno das 11h30min na Escola

 

 

Recomendações importantes:

  • Uso obrigatório da camiseta do uniforme, agasalho com identificação;
  • Os alunos devem levar um lanche;
  •  Não é permitido o uso de máquinas fotográficas,filmadoras, celulares com câmera fotográfica, nem tampouco circular com bolsas ou mochilas dentro da empresa.
  • Por se tratar de percurso em linha de produção, recomendamos o uso de calçados fechados sem salto ou tênis;
  • Portar RG ou documento equivalente;
  • O horário de saída deverá ser criteriosamente respeitado pois não permitiremos atrasos em virtude do horário agendado para visita;
  • Nossos alunos estão sendo trabalhados no sentido de reconhecerem esta saída como uma oportunidade de estudo e que a postura adequada de estudante será observada pelos professores e acompanhantes, solicitamos que reforcem em casa e a cobrem no retorno.

 

Atenciosamente,

Equipe Pueri Domus

 

 

 

Chega um momento em nossas vida que precisamos decidir o que faremos no restante dela. Escolher uma profissão, não é uma decisão fácil, ainda mais porque estamos em uma idade que tudo pode mudar.

Com 17 ou 18 anos ainda estamos descobrindo o que gostamos e o que queremos, e nem sempre sabemos o que queremos para “todo o sempre”.  Por isso, uma boa dica é ouvir a si mesmo e se questionar em alguns aspectos.

De qual área eu mais gosto? Ciências, exatas ou humanas? Gosto de ter uma rotina ou não? Quero estar em um lugar ou em vários lugares?

Por mais romântico que seja esse pensamento, procure escolher algo que gosta e não foque só que pode lhe trazer muito dinheiro.

Fazer o que gosta e com qualidade sempre será sinônimo de sucesso, e não importa se você é um médico ou um jornalista.

Imagine-se acordando todos os dias para ir ao seu trabalho, você consegue se ver indo para um lugar que só fará contas e cálculos? Ou que terá que ser extremamente criativo? Ou que precisará ver sangue ou salvar pessoas?

Pois é, se você não gosta de cálculo, por mais que saiba fazer, um dia poderá ficar infeliz se esta for sua rotina. Se não gosta de escrever ou de assuntos mais interpretativos do que lógicos, uma hora pode se cansar também.

Busque conhecer características de cada profissão, assim como qual é a rotina delas. Um turismólogo, por exemplo, pode viajar o mundo todo, conhecer pessoas novas e lugares todos os dias, mas por outro lado, ficará muito tempo longe de casa e da família.

Existem teste vocacionais que podem lhe indicar qual é o caminho que mais combina com você. Assim ficará mais fácil definir qual vestibular prestar.

Lembre-se também que em muitos casos a teoria das profissões é diferente da pratica, e que você tem a vida toda pela frente e que pode sempre escolher um novo caminho para seguir.

 

pensamentoDar asas as imaginações, deixar a mente livre e sonhar! Tudo isso faz parte do pensamento. Pensamento positivo, pensamento construtivo … pensar e pensar…

Não existe uma pessoa se quer que não pense, apensar da expressão “parece que você não pensa”, ser muito comum quando alguém fala ou faz algo que não concordamos ou consideramos errado.

O pensamento é uma forma de nos fazer tomar consciência de algo, faz parte do processo de aprendizagem e conhecimento.

O pensamento nada mais é do que avaliar uma situação. Grandes filósofos falaram sobre este assunto.

Para Descartes, filósofo de grande importância do século XVI , principalmente na história do pensamento, descrevia que “a essência do homem é pensar”. Por isso dizia: “Sou uma coisa que pensa, isto é, que duvida, que afirma, que ignora muitas, que ama, que odeia, que quer e não quer, que também imagina e que sente. Logo quem pensa é consciente de sua existência, “penso, logo existo.”

Foi ele que criou  essa tão famosa frase: “Penso, logo existo”.

Se não pensássemos não teríamos consciência de nada.

Pensar no diverte, nos deixar tensos….

Quem nunca ficou pensando antes da prova em como seria ou se sabia de tudo?

Quem nunca pensou sobre como conquistar alguém ou resolver um amor não correspondido?

Quem nunca pensou, imaginou ou sonhou em como poderia ser uma situação?

Um pensamento pode acontecer em um milésimo de segundo.

Mas pelo lado químico o pensamento corre por uma reação. Reações representativas causadas por estímulos de reações químicas internas ou fatores ambientais externos.”

Para a biologia o pensamento acontece a partir do neurônio, uma célula excitável no sistema nervoso que processa e transmite informação por sinais eletroquímicos.

E para os músico “pensamento é um momento que nos leva a emoção, pensamento positivo, que faz bem ao coração”.

Vamos pensar! Colocar o pensamento em ordem!

 

 

  • (16) 3336 5333
  • |
  • contato@pueridomusararaquara.com.br
  • |
  • Avenida Vespaziano Veiga, 500 - Vila Harmonia
  • |
  • Araraquara - SP
Powered by WSI