Arquivo para abril, 2015

Ocorreu essa semana nossa Feira de Livros, a FEITEK. Os nossos alunos trabalharam gêneros literários tais como Histórias em Quadrinho, Fábulas e Cordéis. Confira as fotos em nossa página do Facebook: http://wsi.is/qiI 

Ocorrerá nos dias 29 e 30 de Abril a Feitek, a feira do livro que a Escola Pueri Domus realiza anualmente no primeiro trimestre de cada ano letivo. Com a finalidade de estimular a leitura entre os alunos, a feira foi criada em 1972. A proposta da escola é empregar a prática da linguagem e suas muitas manifestações aos alunos, assim, eles se tornam sujeitos capacitados a transitar em diversos campos do aprendizado.

A escolha do nome da feira ocorreu também em 1972, com a realização de um concurso e o nome ganhador foi Feitek que significa – Fei – Feira e Tek- do grego Bibliotéke. Uma feira para livros e sabedoria.

O evento é aberto a toda a comunidade. Todos estão convidados a prestigiar a feira. Nela serão expostos os trabalhos de leitura e produção realizado com cada série e também um circuito de palestras com convidados. Além da apresentação de diversos títulos de livros,  de todos os gostos para se conhecer e ler.

Os projetos realizados juntamente com os alunos foram separados por séries e contemplam as mais variadas formas textuais para estimular a linguagem e seus diversos contextos.

Foram realizados trabalhos com fábulas e a moral, charges e o discurso crítico, peças teatrais, literatura clássica e literatura popular entre os alunos. É uma experiência única que ajudou a consolidar o aprendizado com a prática da linguagem, da Filosofia, História, Artes e seus diversos modos de manifestações.

Depois dos trabalhos realizados em cada série houve interação entre os alunos e, com base nos textos teatrais produzidos pelo 9°, 8° e 7° ano, foram construídas histórias em quadrinhos. Toda a produção poderá ser conferida nos dois dias de Feitek.

Essa forma de interação possibilita ao aluno mais conhecimento, convívio e aperfeiçoamento dos recursos aprendidos em sala. Uma atividade diferente que dá resultados para a vida.

De pedras e argila até chegar aos e-books, o livro evoluiu muito durantes todas essas eras. São séculos de história, passando por transformações, tecnologias e democratização da leitura. Em 1455, um senhor chamado Gutenberg inventou a prensa em série que possibilitou a disseminação da leitura e foi responsável pela revolução da cultura moderna.

O livro é responsável por grandes revoluções na humanidade, desde a Bíblia até séries com do Harry Potter e John Green. A importância do livro vai além de responsabilidades acadêmicas, ele é responsável por despertar a criatividade, ensinar e formar pessoas.

No dia 23 de Abril é comemorado o Dia Mundial do Livro e Direito do autor e essa data não foi escolhida por acaso pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura),  em 1995 e todos anos uma cidade é escolhida como a capital do livro, e em 2015 será Incheon na Coréia do Sul.

Essa data é marcada pelo aniversário de morte de dois autores importantes na literatura mundial: Willian Shakespeare e Miguel de Cervantes. Ambos são grandes influenciadores da cultura ocidental e inspiram até hoje outras histórias. Quem nunca ouviu falar da trágica história de amor de Romeu e Julieta ou da história do cavaleiro errante Dom Quixote De La Mancha? São tão presentes em nosso imaginário que compõe até expressões em nossas línguas e ditam tendências.

Há diversas formas de se comemorar esse dia, na Espanha, na região da Catalunha, a cada livro vendido, ganha-se uma rosa. É um costume tão antigo que ninguém sabe ao certo quando começou, mas uma coisa é certa: o livro é puro amor!

O livro é considerado uma das maiores invenções do homem e, por meio dele, são transmitidos e preservados conhecimento e cultura de geração em geração. A importância do livro para o conhecimento é sua possibilidade de registro dos saberes para que eles não se percam.

Além do conhecimento e cultura, um bom livro ajuda a construir senso crítico, juntamente com a possiblidade de ler o mundo e interpretá-lo. Também ajuda na escrita, porque quem lê bem, aprende a escrever melhor, adquire mais vocabulário, argumentação e um pouco de saber de outras pessoas disseminadas na leitura. E o melhor, é uma atividade prazerosa que permite que o leitor viaje sem sair do lugar e vivencie diversas situações.

Para comemorar o dia Mundial do Livro, leia uma boa história, conte outras e conheça o lado bom do livro: a liberdade. O cavaleiro errante, Dom Quixote disse em seu livro: “A liberdade, Sancho, é um dos mais preciosos dons que os homens receberam dos céus. Com ela não podem igualar-se os tesouros que a terra encerra que o mar cobre; pela liberdade, assim como pela honra, se pode e deve aventurar a vida, e pelo contrário, o cativeiro é o maior mal que pode vir ao homem.”

Referências:

http://www.educacao.cc/educacao/importancia-do-livro-e-de-ler-bons-livros

Nossa semana de provas terminou com um Desafio Cultural! Confira as fotos em nossa página do Facebook: http://wsi.is/qfH 

Os alunos 5º ano do Pueri Domus fizeram atividades para comemorar o Dia do Índio, com grafismo da pintura corporal indígena. Confira as fotos na nossa página do Facebook: http://wsi.is/qfF 

 

A Escola Pueri Domus Araraquara, recebeu ontem, dia 16 de abril, a visita do Sr Michael Lester da NASA. Michael fez uma palestra para os alunos sobre a importância do estudo e a aprendizagem de uma segunda língua. A palestra foi em inglês com tradução simultânea.
A escola recebeu uma camiseta autografada por astronautas e os alunos, vários brindes.
O Jornal Tribuna Impressa fez a cobertura da palestra.
Confira as fotos da palestra em nossa página do Facebook: http://wsi.is/qf3 

Os alunos do 5º ano fizeram esculturas criativas na última aula de Artes. Confira mais fotos em nossa página do Facebook: http://wsi.is/qel

 

No dia 13 abril celebra-se o dia do Hino Nacional e o dia da 1° execução do Hino. Fatos interessantes marcaram a trajetória do hino que conhecemos hoje em dia.

O hino foi composto por Francisco Manuel da Silva (1795/1865) no ano de 1823, em comemoração à Proclamação da Independência do Brasil de Portugal, e iria substituir o hino que Dom Pedro I compôs em homenagem à Independência que não teve adesão popular.  O autor, então, procurou compor algo triunfante e vibrante, assim como a “Marselhesa”, hino francês criado na época da Revolução Francesa.

Passou-se um tempo e a primeira vez que a composição foi divulgada foi em 1831 quando Dom Pedro I anunciou que estava abdicando seu trono para voltar para Portugal, deixando seu filho como novo Imperador. O hino foi tocado pela primeira vez em 13 abril na festa de despedida de Dom Pedro I.

Dez anos depois, o hino foi executado novamente na festa de coroação de Dom Pedro II, ganhando o título de “Hino da Coroação” e, por ordem do novo Imperador, foi instituído que o hino deveria tocar em todas as solenidades civis e militares. Depois disso, Francisco Manuel da Silva ganhou notoriedade e recebeu convites para fundar, dirigir e organizar fundações musicais. Contudo, o hino ainda não possuía uma letra.

Com a Proclamação da República era necessário um novo hino que não lembra-se o império. Fizeram um concurso, cujas criações foram apresentadas na festa em homenagem ao Marechal Deodoro da Fonseca, para ser escolhido como o novo hino da República. O hino escolhido não agradou nem um pouco o Marechal que preferia o anterior, assim como, o público. Para não perder tempo, escolheram o novo hino como “Hino da República”.

Somente em 1909 um poeta chamado Osório Duque Estrada escreveu uma letra e, num concurso para a escolha de uma letra e o poeta ganhou. Apenas em 1922, na véspera do centenário da Independência, foi chamado o maestro cearense Alberto Nepomucemo para fazer a adaptação do hino, 91 anos depois de sua criação.

Referências:

Guia dos Curiosos: http://www.guiadoscuriosos.com.br/categorias/2545/1/hino-nacional-brasileiro.html

Música Brasilis: http://www.musicabrasilis.org.br/pt-br/temas/uma-breve-historia-do-hino-nacional-brasileiro

Os nossos alunos comemoraram a Páscoa com uma caça aos ovos. Confira mais fotos na nossa página do facebook: http://wsi.is/qcD

 

Dia 7 de Abril é comemorado o dia da Saúde. Essa data foi criada em 1948 pela Assembleia Mundial de Saúde para conscientizar a população quanto à qualidade de vida e aos diferentes fatores que afetam a saúde global. A data escolhida também coincide com a criação da Organização Mundial da Saúde – OMS.

Muitas pessoas se consideram saudáveis quando estão sem nenhuma doença, contudo não possuir nenhuma enfermidade não significa ter uma vida saudável. Uma vida saudável implica em vários fatores,  tais como qualidade de vida, aspecto físico e mental, e essas características formam o conceito de ser saudável, que amplia a visão além das enfermidades.

O estado de saúde não é algo fácil de ser alcançado, visto que inúmeros fatores contribuem para isso, como condições emocionais e sociais do indivíduo. Os governos devem cuidar de todos os cidadãos a fim de promover o bem-estar,  disponibilizando acesso à moradia, saneamento básico, educação, trabalho, mobilidade através do transporte e condições de acesso aos locais de tratamento e prevenção à saúde e lazer. Todos esses fatores formam um padrão de qualidade de vida essenciais para uma sociedade saudável.

Todos os anos é eleito o tema a ser abordado na campanha do Dia Mundial da Saúde, e esse ano o tema é “Segurança dos Alimentos”.

Alimentos não seguros são causadores de inúmeras doenças, por essa razão a Organização Mundial de Saúde formulou o Codex Alimentarius, que são métodos para evitar que os alimentos se contaminem. São atitudes fáceis que devem ser acrescentadas em nossas rotinas:

- Sempre mantenha os alimentos limpos. Antes de consumí-los, lave-os bem. Dessa forma, evita-se inúmeras doenças causadas por bactérias e vermes;

- Ao armazenar alimentos, separe sempre os cozidos dos crus;

- Cozinhe bem os alimentos;

- Mantenha os alimentos  em temperaturas seguras, sem exposição e armazenamento adequados;

- Utilize sempre água potável, para beber e preparar alimentos.

A alimentação é um dos principais fatores que contribuem para uma vida saudável. Ter uma alimentação balanceada, evitando consumir produtos industrializados, com grande teor de gordura saturada e açúcar, aliado a uma boa alimentação e às práticas físicas, possibilita a promoção de uma vida saudável e do bem-estar.

O bem-estar está relacionado à forma como que se encara a vida, portanto mexa-se, troque um dia o eletrônico por uma brincadeira ou alguma atividade ao ar livre; cerque-se de familiares e amigos, ninguém é feliz sozinho; respeite o meio ambiente e seja grato. Atitudes simples podem mudar a sua vida!

A saúde é um bem precioso, por isso devemos sempre cuidar da melhor forma possível, mudando alguns hábitos e buscando uma vida mais saudável.

Referências:

http://www.who.int/campaigns/world-health-day/2015/event/en/

http://crn5.org.br/?p=6475

  • (16) 3336 5333
  • |
  • contato@pueridomusararaquara.com.br
  • |
  • Avenida Vespaziano Veiga, 500 - Vila Harmonia
  • |
  • Araraquara - SP
Powered by WSI